Tech Tats – Saiba mais sobre as Tatuagens Tech

Chaotic Moon está a levar as coisas para outro nível com as Tech Tats, como lhe chamam. Chaotic Moon é uma empresa de design de software norte americana, e está a desenvolver uma super tatuagem tecnológica feita à base de compostos e tinta (ink) condutora de electricidade. Esta tatuagem permitirá recolher informação sobre a saúde e biometria do corpo humano.

techtat

Apesar de, neste momento ainda estar em fase de protótipo, Ben Lamm, director executivo da Chaotic Moon, disse em entrevista ao Techcrunch, que será possível recolher e carregar dados relativos a saúde, e o mais provável é que esta tecnologia seja usada na medicina ou mesmo  no exército.

No exército…

“Isto não é algo fácil de remover, como uma bracelete. Pode estar por baixo de um colete anti-bala, directamente na pele para recolher dados e reportá-los mais tarde”, refere Ben Lamm, acerca dos possíveis aplicações desta tecnologia no exército.

Menciona também que esta tatuagem poderá detectar venenos no ar, patógenos no corpo de um soldado, ou identificar quando estão feridos ou stressados.

Na medicina…

A tatuagem é temporária e basta lavar-se para que desapareça. Explicando melhor do que esta tatuagem é capaz, a Chaotic Moon, diz que terá a habilidade de monitorizar a temperatura corporal e detectar se alguém está sob stress baseado no suor libertado, o batimento cardíaco e o nível de hidratação. Estas informações podem ser carregadas via Bluetooth ou em redes de baixa frequência.

Lamm, acredita que existem todo o tipo de oportunidades à volta das Tech Tats. Outra finalidade mais mundana desta tatuagem, ele refere, como um mecanismo de localização do seu filho, quer seja quando está num concerto ou num parque de diversões.

Embora estas tatuagens biométricas sejam bastante promissoras, não são originais. Já não é de agora que tatuagens e tecnologia andam de braço dado. A Motorola, por exemplo, desenhou uma tatuagem que permite desbloquear o smartphone. E a startup Grindhouse Wetware, começou a implantar RFID chips dentro do corpo humano, para que este possa abrir a porta de sua cada ou ligar o motor de seu carro. Têm feito tentativas para criar uma tatuagem biométrica mais permanente, mas a tinta usada ainda é um pouco prejudicial para o corpo humano.

Ainda assim, oportunidade de localizar pessoas mesmo num curto período de tempo, vem presumivelmente com a possibilidade de regulamentações no âmbito da medicina, e  no âmbito da privacidade. Mas, e de acordo com Lamm, a Chaotic Moon, está apenas a criar o produto e deixará toda esta matéria para quem quer que compre ou implemente a tecnologia.

 

Fonte das imagens