70% do tráfego da Internet é streaming

O caro leitor utiliza a internet com imensos propósitos, mas há um que se destaca mais do que os outros, e acaba por ocupar o primeiro lugar do tráfego de rede – o streaming de música e vídeo.

Segundo um estudo realizado pela empresa Sandvine, nos Estados Unidos da América, em clientes de serviços de Internet residenciais, 70% do tráfego no prime-time é streaming de música ou vídeo. Este período (prime-time), é o momento do dia, depois do trabalho, em que as pessoas navegam na Internet e existe um maior tráfego de utilizadores.

sandvine-year-end-2015

Quais os serviços que fazem mais tráfego na internet no prime-time?

Cada vez mais dependemo dos serviços online para acedermos a conteúdos, como por exemplo, música e filmes, havendo já bastantes serviços que satisfaçam as nossas necessidades, sendo apenas necessário um clique e estamos a ouvir/ver o nosso som ou filme favorito!

Com o crescimento destes serviços, o tráfego de streaming na internet cresce também em escala exponencial, chegando a ocupar 70% da rede, impulsionado por serviços como o Netflix, Youtube, Spotify, entre outros. Na tabela demonstrada na imagem a baixo, estão discriminados os serviços com mais tráfego no chamado prime-time, onde se destaca o Netflix e o Youtube nos dois primeiros lugares!

sandvine-breakdown

Em Portugal o tráfego de Internet no prime-time deve ser bastante semelhante em termos de percentagem de streaming. Quem não gosta de jantar a ver um bom filme, um episódio de uma série ou mesmo cozinhar ao som de uma boa música? Todos estes conteúdos podem estar alojados online e, ao aceder-lhes, estamos a fazer tráfego stream e assim impulsionar o tráfego na rede, o que por vezes faz com a internet fique lenta para os outros utilizadores da região, devido à sobrecarga e pico de tráfego.

Gostou deste artigo? Partilhe e deixe a sua opinião!

Habilite-se a ganhar uma pen de 32 GB no nosso sorteio de natal! 

Fonte das imagens

  • sandvine-year-end-2015:
  • sandvine-breakdown: <
  • internet traffic: newsboost.com