Recebeu uma segway neste Natal? Livre-se dela!

segway

A Amazon começou a deixar de vender as hoverboards segway já durante este mês, e está agora a aconselhar os seus clientes a livrarem-se delas. Se foi presenteado neste Natal com uma destas, talvez fique com dúvidas se deve ou não continuar a usá-la.

A Amazon já começou a enviar emails para todos os clientes que adquiriram uma segway, sugerindo que as entreguem nos centros de reciclagem por motivos de reciclagem.

Os sites britânicos John Lewis e Argos começaram também recentemente a deixar de comprar segways para manter em stock.

hoverboard

Mas, afinal qual é o problema? O que se passa de errado com este gadget super trendy que toda a gente quer?

Recentemente têm sido levantados muitos problemas relacionados com falhas eléctricas, as baterias recarregáveis e os próprios carregadores.

De acordo com a associação de protecção do consumidor no Reino Unido, a Trading Standards, muitos dos componentes electrónicos das segways têm problemas graves que podem levar ao sobreaquecimento das mesmas, podendo até incendiarem-se.

As estatísticas anunciadas pela Trading Standards revelam-se preocupantes. Cerca de 88% das 15000 segways apreendidas no Reino Unido, apresentam um defeito qualquer.

Só no início do mês, pelo menos 3 incêndios em habitações, foram causados por estes aparelhos. E agora até mesmo o governo britânico está a aconselhar os consumidores a “pensar duas vezes” sobre a compra de segways, uma vez que existe a suspeita sobre as muitas imitações baratas existentes no mercado.

As lojas que vendem estes aparelhos são responsáveis por qualquer dano possível, por isso muitos destes locais deixaram de vendê-los.

Recebeu alguma segway no Natal? O que lhe vai fazer?

 

 

 

Fonte das imagens