Hackers “desligam” hospital – ataque com recurso a malware

O Centro Hospitalar Hollywood Presbiteriano de Los Angeles tem estado ao longo de mais de uma semana em estado de emergência. Tudo porque, hackers desligaram a sua rede recorrendo a um malware. Os hackers exigem um resgate de mais de 3,6 milhões de dólares para que tudo volte ao normal.

Ramsonware é um tipo específico de malware que mantém uma rede ou máquina refém, até que um resgate seja pago. Assim que os hackers conseguem o dinheiro, retomam o funcionamento da máquina ou rede.

O ataque tem comprometido a capacidade do hospital de tomar conta dos pacientes, assim como impedido os profissionais do hospital de consultarem os registos dos pacientes, como por exemplo, os exames de raio-X, testes de laboratório.  Foi necessário recusar a entrada de novos pacientes e transferir os pacientes internados para outro hospital.

Durante estes dias intermináveis, o hospital encontra-se a operar em modo de crise, e os profissionais médicos e administrador tentam comunicar via telefone e fax.

Ainda não se sabe se os registos de pacientes e de trabalhadores foi comprometido com o ataque.

Este tipo de ataques é muito comum, mas esta tentativa de extorsão é bastante arriscada. Normalmente, os hackers atacam computadores pessoais, devido ao fácil acesso, pedindo quantias de dinheiro bem mais baixas.

[Fonte: Thenextweb por Bryan Clark]

Fonte das imagens