Os 10 aspectos curiosos sobre os programadores

Muitos dos leitores que irão olhar para este artigo, se por acaso forem programadores, irão certamente reconhecer alguns destes aspectos e certamente olhar para eles e pensar: “Eu também sou assim”. Os programadores são “treinados” para se desenrascarem, se algo não funciona de uma forma, desde cedo lhe dizem para pesquisar, para arranjar forma de encontrar uma solução, venha ela de onde vier.

Então, fique com os aspetos que mais se destacam em programadores!

Pedir ajuda… só em último recurso

Os programadores, quando se encontram com algum problema, apenas em último recurso, procuram ajuda de um colega de trabalho. Até lá, podem passar-se horas com o sujeito a tentar encontrar uma solução. Podemos dizer mesmo que é sadomasoquismo!

help

Reportar de forma incompleta

Sempre que encontram um erro e tentam explicá-lo a alguém, existe uma tendência a reportar esse problema sempre de forma incompleta. Especialmente quando estão envolvidos de forma directa, tendem a seguir atalhos para a explicação, pois na cabeça deles pensam: “isto é fácil” quando no fundo, a outra pessoa não apanha nada.

erro

Help me Stack Overflow

Como foi dito no ponto um, recorrer à ajuda humana está sempre em último lugar. O primeiro sitio a procurar é sempre no stackoverflow, de seguida procurar outros sites. Após seguir centenas de tentativas mal sucedidas é que pede ajuda de algum colega.

stack

Hoje não corre, mas ontem corria

É um facto que antes de um programador se deitar, corre o código sempre uma última vez para ter a certeza que deixou tudo a funcionar. Sem saber bem porque, às vezes, no dia seguinte quando acorda, o programa já não funciona. A primeira coisa que dizem é: “mas ainda ontem estava a funcionar”.

ctrl

Barreiras

Grande parte dos programadores enfrentam barreiras incríveis. Podem ser muito bons a programar mas existem obstáculos que muitos não conseguem ultrapassar:

  • Design – não é o ponto forte de programadores. O que parece bonito e fácil é uma dor de cabeça para outros;
  • Selecção – O programador sabe o que tem de fazer mas nunca sabe o que usar;
  • Compreensão – Muitas vezes o programador diz que sabe usar determinada ferramenta, mas ela acaba sempre por nunca fazer o que ele pensa;
  • Desespero – Todos os programadores desesperam. Erros completamente ridículos são os mais dificeis de encontrar. Olhar para um código que à partida está correto e não funciona é desesperante.

anuncio

Navegadores

Um estudo revela que 30% do tempo que os programadores passam, é literalmente a navegar. Não é a navegar no oceano, mas sim a navegar no código que faz. Scroll para cima e para baixo…

navegar

Tempo perdido em erros

Maior parte dos erros de um programador são erros de compilação, erro em tempos de execução, e o maior tempo perdido é a tentar resolve-los… um estudo refere que a maior parte dos erros (40%) são “null pointer exception”

Rever código a pares

Rever um código a pares é muito eficiente. Um estudo refere que chega mesmo a atingir valores de grande eficiência (60%). O ditado diz que: “Mais vale sozinho do que mal acompanhado”, mas neste caso é exactamente ao contrário, seja na modalidade de pair programming ou outra qualquer.

Quais são, na sua opinião os flagelos que afectam os programadores?

  • Esse do código deixar de funcionar da noite para o dia já me aconteceu! E aquela situação em que o código funciona, alteras qualquer coisa lá no meio e te esqueces de um ponto e virgula e o código deixa de funcionar….

  • Fred Oliveira

    Tem uma que acontece comigo direto “acontecia”.
    Fico até tarde programando, no outro dia olho para o código e tento decifrar o que eu fiz, kkkk

    Para resolver isso eu adotei uma boa e simples prática “comentar código”.

  • William Francisco Leite

    Só discordo desse “Pedir ajuda… só em último recurso”, alguns na primeira dificuldade já estão pedindo códigos prontos em fóruns e redes sociais!

    • Erbi Silva

      Caro leitor, no tópico “Pedir ajuda… só em último recurso” refiro-me a pedir ajuda de um colega de trabalho ou alguém ao seu lado. Só mesmo em último recurso é que vamos chatear alguém 😀

  • André Rodrigues

    Top!

  • Pingback: Os 5 aspectos que fazem um mau programador - Tech em Português()