Será possível encomendar o amor?

És solteiro(a)? Andas à procura da tua cara-metade? Então este artigo é para ti!

Para os comprometidos(as), fica aqui apenas uma curiosidade para partilharem e/ou para recomendarem aos vossos(as) amigos(as) solteiros(as)!

Nos dias de hoje, com a constante evolução da tecnologia é possível fazer quase tudo o que idealizamos! Ora bem, já pensaram em encomendar um(a) noivo(a) ?! Esta questão parece surreal e sem sentido… Mas quem é que encomenda um casamento apenas por trocar umas mensagens com um(a) estrangeiro(a)? Será possível encomendar o amor?372521200_299

A partir de 1990 existiu uma expansão da indústria de noivas por encomendas e a partir de então, surgiram imensos sites dedicados a este tipo de encomendas. A maioria das pessoas recrutadas é do sexo feminino e estas encontram-se normalmente em situações de vulnerabilidade económica e social, originárias principalmente de países com problemas de desenvolvimento. As mulheres submetem-se a esta situação, aceitando migrar para países desenvolvidos, para procurar uma melhor qualidade de vida.

A maioria das mulheres são originárias da China, Filipinas e Rússia e são retratadas como mulheres submissas para atrair os utilizadores masculinos.

O site mais conhecido é o Rosebrides em que é possível pesquisar de acordo com a idade, país, altura, peso, cor do cabelo, cor dos olhos, idiomas falados, religião, estado civil, interesses, comida/música/leitura favorita, traços da personalidade, entre outros.

Bride Top 100 Rose Brides

Este tipo de sites, apesar de no mínimo serem cómicos, são mal vistos pela nossa sociedade devido aos valores que as mulheres possuem actualmente. As mulheres submissas, retratadas como propriedade dos homens, apenas responsáveis pelas lidas domésticas e pelos cuidados com a família já terminaram há muito tempo na cultura ocidental e estes sites apenas querem mostrar as mulheres deste modo para atrair pessoas do sexo masculino, levando em alguns casos a violência doméstica por estes se sentirem enganados com a “encomenda”.

[Fonte: Monografia – NOIVAS POR ENCOMENDA: ATUALIZANDO ESTEREÓTIPOS]

Para quem estiver interessado, não se deixe enganar apenas pela aparência das beldades que por aqui se encontram “para encomenda” ou arrisque e seja feliz!