BIG Smart Cities: vem aí a 4ª edição

Já abriram as candidaturas para a 4ª edição da competição de empreendedorismo promovido pela Vodafone e pela Ericsson, o BIG smart cities.

Até dia 4 de Maio, todas as ideias de negócio de base tecnológica que melhorem o dia-a-dia de quem vive, trabalha ou visita uma cidade podem candidatar-se através da página da iniciativa, habilitando-se assim a um prémio monetário de 10 mil euros, seis meses de incubação no Vodafone Power Lab e uma viagem para conhecer um pólo de inovação da Ericsson na Europa.

Numa altura em que as cidades modernas enfrentam cada vez mais desafios – sejam eles de ordem demográfica, territorial ou climatérica, bem como de partilha e gestão de recursos naturais (hídricos, energéticos, aquecimento global) e humanos (envelhecimento da população, exclusão social) –, a tecnologia é um aliado fundamental para se transformarem as cidades em metrópoles cada vez mais inteligentes e que promovam a qualidade de vida dos seus habitantes, trabalhadores, empresários e visitantes.

Conscientes desses desafios, a Vodafone e a Ericsson aliaram-se para organizarem a 4ª edição do BIG Smart Cities, reforçando assim a determinação das duas empresas em contribuir para o desenvolvimento de ideias tecnológicas que tornem os meios urbanos cada vez mais fomentadores de qualidade de vida e de sustentabilidade.

Esta edição conta com quatro áreas distintas que são Smart Mobility, Smart Living, Smart Tourism e Smart Government. Este ano o desafio vai realizar-se em Porto, Coimbra, Évora e Lisboa, promovendo eventos locais intitulados BIG city challenges: quatro competições, a decorrer durante o mês de Abril, onde se avaliarão as propostas dos potenciais empreendedores inscritos e se elegerá um finalista por cidade. Além de ganharem acesso directo à final do concurso, os quatro projectos eleitos receberão um prémio de 500 euros.

Os empreendedores que não conseguirem marcar presença nos City Challenges do Porto (14 de Abril), Évora (20 de Abril), Coimbra (21 de Abril) e Lisboa (28 de Abril), mas submeterem as suas candidaturas online, serão avaliados à distância pelo júri e, posteriormente, através de entrevistas presenciais. No final do processo de selecção serão escolhidos 20 finalistas, a anunciar no dia 16 de maio, iniciando-se de seguida o programa de pré-aceleração de 9 semanas onde os finalistas irão receber formação, mentoring e apoio para transformarem as suas ideias em negócios
viáveis. A final do BIG smart cities acontece no dia 5 de Julho, onde vão ser apresentados publicamente os pitches dos projectos finalistas e onde serão revelados o projectovencedor e três menções honrosas.

BIG Smart Cities

Além do incentivo de 10 mil euros para que consigam começar a tornar as suas ideias em realidade, a proposta tecnológica que apresente a melhor ideia de sustentabilidade citadina poderá desenvolver a sua ideia nas instalações da aceleradora Vodafone Power Lab, recebendo formação, coaching e sessões de mentoring e beneficiando, ainda, do ambiente de partilha de conhecimento, de experiências e de entreajuda entre startups que se vive na aceleradora. A par disso, terá a oportunidade de visitar um pólo de inovação da Ericsson na Europa.

Mais informações em BIG Smart Cities

 

Fonte das imagens