Top 6 situações onde telemóveis nos ajudam a ultrapassar o embaraço

A tecnologia (neste caso telemóveis) veio em muito melhorar o nosso dia a dia mas, é justo afirmar que muitas vezes ajuda a ultrapassar momentos mais constrangedores? A resposta é fácil de dar. Claro que ajuda, uma vez que já aconteceu a todos nós utilizar os telemóveis porque sentimos-nos um pouco “nus” quando comparados ao mundo em certas situações. Veja connosco, qual o top de situações em que os telemóveis nos ajudam a escapar de situações onde nos sentimos embaraçados.

1 – Para fugir de um assistente de loja

Está de passagem por uma loja que lhe despertou o interesse e, de repente repara que os preços são altos, o assistente de loja cai em cima de si para o massacrar. Então, para se livrar dessas questões, o mais fácil é pegar no telemóvel e, antes dessa pessoa chegar, largar um “Estou” bem alto com o telemóvel ao ouvido e sair da loja sem que ninguém o chateie.

vendedor

2 – Quando espera por alguém

Quando o leitor está à espera de alguém na rua, quantas vezes não vai ao telemóvel? Para ver se tem mensagem, para fingir passar tempo, para jogar um jogo, realizar qualquer tarefa que lhe ajude a passar o tempo e, para afugentar a ideia de que está ali sozinho e as pessoas a reparar.

telemovel sozinho

3 – Transportes públicos

Certamente já aconteceu ao leitor, estar a olhar simplesmente para o vazio e, quando dá por si, está a olhar fixamente para os olhos de uma pessoa, o que o deixa constrangido. Então, pega no seu telemóvel e, nem que seja só para deslizar os dedos e fingir que está a fazer algo mas, mostra que está embrenhado noutra tarefa. Muitas das vezes até executa essa tarefa várias vezes quando no fundo não está a fazer nada de especial.

busetelem

4 – Mudar o sentido na rua

Quando está a andar na rua, e às vezes até está à espera de alguém e essa pessoa demora. Então talvez o leitor passe pelo mesmo sitio vezes repetidas, fazendo com que as pessoas ao redor olhem para si. É quando o leitor se lembra de olhar para o telemóvel e, do nada muda o sentido e em vez de continuar o caminho em frente, volta para trás, acelerando o passo, fingindo que recebeu uma mensagem e mostrando que estava à espera de alguém.

5 – Telemóveis nos elevadores

Entra no elevador, com pessoas a olhar para si e, sem nada para fazer. Então, o leitor lembra-se de tirar o telemóvel e jogar um jogo, fingir que manda uma mensagem. Nesta situação, muitas das vezes volta a não fazer nada de especial, apenas para passar o tempo se agarra ao telemóvel.

teleElevador

6 – Vê um dos seus amigos do facebook

Realmente, conheceu alguém algures mas, só falou com essa pessoa uma vez ou duas e adicionou no facebook, no entanto e está a passar por ela na rua. Não se sentindo confortável para falar com ela, certamente o leitor já fez o ato involuntário de tirar o telemóvel e fingir ir distraído só para passar por uma pessoa.

ruaTele

 E o leitor, alguma vez se viu numa destas situações ou outra? Partilhe connosco as suas experiências

  • Frederico Santos

    Ja me aconteceu o 2 e o 4. Escusado será dizer, graças a esperar pelo sexo oposto ahahaha