Pokémon Go processado por cidade holandesa

A cidade holandesa de Haia decidiu processar a gigante Niantic. Para quem não sabe, esta é a empresa americana que criou o Pokémon Go. A cidade enviou um pedido à empresa para que os pokémons não aparecessem nas suas áreas naturais protegidas. A Niantic não respondeu e a cidade resolveu avançar com o processo para tribunal!

Haia vs Pokémon Go

Desde Agosto que centenas de jogadores se encontram diariamente na praia de Kijkduin, na região de Haia. Eles afirmam que o local tem muitos pokémons e, é também um local onde habitualmente aparecem pokémons mais raros!

 pokehaia

Em um comunicado, o município informou que além das áreas protegidas, quer proibir o jogo nas ruas entre as 23.00h e as 07.00h. Isto porque os moradores desta pequena e tranquila cidade se queixam do barulho e do lixo deixado pelos “caçadores” de pokémons. As pessoas desse município estão preocupadas com os danos provocados pelos jogadores às dunas e outros locais protegidos!

Em declarações, os advogados afirmaram que a cidade tentou contactar com a Niantic desde Agosto mas o resultado tem sido um fracasso total. No comunicado é possível ler:

Não resta outra opção que recorrer à via judicial, para que limitem o ruído e os danos aos locais protegidos

Nas ultimas actualizações do jogo desapareceram do aplicativo os locais dos memoriais de Hiroshima ou do Holocausto por exemplo. Também o campo de Auschwitz-Birkenau, locais muito conhecidos não pelas melhores razões no passado como todos sabemos, também pediram para desaparecer do aplicativo e esse pedido foi aceite!