Sonda Schiaparelli, que tem mão portuguesa, estará perdida?

Ainda ontem, demos a notícia que a sonda estaria a chegar a Marte. Uma sonda que teve o seu isolamento térmico feito em Portugal como pode ler aqui, chegaria na quarta de tarde ao planeta vermelho mas, não se sabe o que aconteceu ao aparelho. E agora?

Sonda Schiaparelli estará perdida?

A nave, cujo tamanho é de uma pequena piscina insuflável, deveria ter pousado em Marte às 14.48h (mais uma hora em Lisboa) da tarde de ontem (quarta-feira dia 19 de Outubro) após uma travessia a velocidade supersónica pela atmosfera do planeta. A viagem, foi de 496 milhões de quilómetros a partir da terra. Terá sido a viagem em vão?

Os controladores da nave perderam o sinal antes de esta pousar, fazendo lembrar a tentativa de lançamento falhada do Beagle 2.

exomarsmission

O responsável Andrea Accomazzo, afirmou que serão necessários analisar 600 megabytes de dados que a nave enviou antes de a comunicação ficar muda. É necessário entender se esta sobreviveu à aterragem ou não! Caso se confirme que não tenha conseguido, esta será a segunda tentativa falhada seguida da ESA.

Em 2003, o Beagle 2 (construído no Reino unido), foi lançado e desapareceu após se ter separado da nave-mãe.

Mas os controladores perderam o sinal da Schiaparelli antes de esta pousar, fazendo lembrar a primeira tentativa, falhada (Beagle 2), da agência europeia de levar uma nave até à superfície de Marte, há 13 anos. Foram mais tarde fotografados destroços da nave.

A viagem de Schiaparelli durou sete meses e viajou a bordo de uma nave russo-europeia até que quando se encontrava a um milhão de quilómetros de Marte, se soltou para concluir a viagem! A missão tinha como objectivo preparar o lançamento de um rover maior e mais caro em 2020.

Voltamos a frisar que a Schiaparelli tinha mão portuguesa, pena é se terá tudo sido feito em vão!