CERN em Portugal para caça aos ladrões

A organização europeia para a pesquisa nuclear, ou CERN, esteve em Portugal na 2ª edição do “HiLumi Industry Day” para encontrar parceiros industriais. A ideia, é aumentar a performance do acelerador de partículas mais potente do mundo!

CERN em Portugal para caça aos hadrões

O líder da “High Luminosity”, Lucio Rossi, esteve em Portugal com o objectivo de encontrar parceiros industriais para a reestruturação do acelerador! Para isso, é necessário encontrar o equipamento ideal que permita aumentar o número de partículas de Higgs, produzidas pelo LHC. Este projecto tem como data de conclusão, o ano de 2026. A importância foi explicada por Rossi, com o seguinte comentário:

O ‘High Luminosity’ quer dizer que, supondo que o LHC é uma sala que estamos a observar com uma pequena lâmpada de 20 watts e, de repente, acendemos a lâmpada e ela tem 200 watts, dez vezes mais luminosa. Seremos capazes de ver muitas mais coisas e melhores detalhes

O “Large Haldron Collider” ou “O grande colisor de Hadrões”, é um acelerador de partículas e o maior instrumento científico do planeta.

lhc-tunel

Este acelerador tira os protões, o núcleo do átomo de hidrogénio e, depois acelera tudo à velocidade da luz, dando muita massa e muita energia a essas partículas, de forma a que estas colidam, criando condições muito próximas das do Big Bang.

Em 2012, uma dessas colisões confirmou a existência do Bosão de Higgs, a partícula que explica a origem de toda a matéria! O físico Peter Higgs ganhou o prémio Nobel da física em 2013 graças à descoberta.

O CERN está agora à procura de novos desafios, nomeadamente perceber o que é a matéria negra. A única coisa que se sabe desta é que existe, mas não se sabe mais nada!

Fonte: [RR]