Douro vai ter sistema de monitorização de embarcações em tempo real

As embarcações que naveguem no Douro a partir de 2017 vão passar a ser geridas e acompanhadas em tempo real graças ao RIS – River Information Services.
Estes serviços serão prestados com base num conjunto de sistemas de gestão de tráfego e de apoio à navegação, que se encontram em fase de testes e de formação interna e que vão colocar o Douro ao nível das melhores vias fluviais da Europa.
Desta forma, vai ser possível conhecer em tempo real o uso da via como um todo e das embarcações individualmente, melhorando assim a segurança na navegação e auxiliando de forma eficaz a tomada de decisões.
Para além disso, um RIS aumenta a competitividade da via, uma vez que optimiza a gestão dos recursos da cadeia de transporte fluvial, através do intercâmbio de informação entre embarcações, terminais e portos.
Permite ainda optimizar o uso da infraestrutura através da obtenção de uma visão de médio e longo prazo da via, essencial para o planeamento das operações dos utilizadores do Douro.
Os serviços RIS estarão acessíveis aos utilizadores de uma forma muito interactiva e ágil, assentando essencialmente em plataformas electrónicas modernas e móveis: JUP2 e RIS Douro / Portal.
Os serviços RIS têm ainda como objectivos proteger o meio ambiente e apoiar as autoridades em situação de calamidade, mantendo um registo permanente da situação da via, dos recursos disponíveis, da sua localização e facilitando a sua activação e conjugação em caso de emergência.

Fonte: APDL

Fonte das imagens