Hackathon global: Portugal é um dos palcos do evento

De 10 a 12 de Março de 2017 ocorrerá pela primeira vez um hackathon global e Portugal é um dos países incluídos. O hackathon UnInflux tem como objectivo conectar e reunir hackers, designers, programadores e startups em torno dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU para 2030, lutando por fazer a diferença e por encontrar soluções realistas no que toca à Indústria, Inovação e Infraestrutura, à Redução da Desigualdade, e à Produção e Consumo Sustentáveis.

O evento ocorre durante 48 horas, contando com equipas de nove países em cinco continentes diferentes. As regiões envolvidas são Lisboa, Nova Iorque, Londres, Rio de Janeiro, Bali, Genebra, Lagos, Barém e Chandigarh.
As equipas vencedoras terão acesso a uma variedade de recursos capazes de tornar as ideias em negócios reais. Mais tarde, terão a oportunidade de demonstrar o seu produto na sede da ONU.

As ideias premiadas serão colocadas na página da UnInflux, organizadora do evento, com o objetivo de atrair investidores, mentores e funcionários.

Em Lisboa, o hackathon irá focar-se no Objetivo 9 – Indústria, Inovação e Infraestrutura. O evento está dividido em três partes: o primeiro dia, dia 10, inicia-se pelas 18h e conta com um briefing geral, votação de ideias e formação das equipas de trabalho. O hacking propriamente dito ocorre durante o segundo dia, 11 de Março, e a fase de Pitching terá lugar no dia 12, o último do evento. Os oradores convidados são Frederico Fezas Vital, fundador da Terra dos Sonhos; Carolina Pereira, fundadora da My Destiny e da HE for SHE; e ainda Carolina Almeida Cruz, fundadora da SAPANA.org.

A lista de oradores e juízes, bem como a agenda do evento, poderão ser consultadas com pormenor na página oficial.

As inscrições para o Hackathon global são gratuitas e já se encontram abertas no site oficial