Teste de fertilidade masculina via smartphone são uma realidade

Quando pensa em fazer um teste de fertilidade masculina, pensa sempre que tem de se deslocar a um serviço de urologia para saber o resultado sobre a fertilidade do seu esperma. No artigo de hoje vamos mostrar que os tempos estão a mudar e que existe uma alternativa a caminho.

Uma equipa de cientistas de Boston divulgou recentemente num estudo cientifico, publicado no jornal Scientific Translational Medicine. que está a desenvolver uma aplicação e um dispositivo que será acoplado à câmara do smartphone, para que possa analisar a qualidade do seu esperma sem ter que sair de casa.

Para já esta solução ainda está em fase embrionária, mas promete analisar a concentração de espermatozóides e também a sua mobilidade, característica bastante importante para determinar a fertilidade. É referido no estudo que o dispositivo tem uma precisão de 98%, comparado com o processo tradicional onde são usados microscópios e profissionais da área.

Segundo a equipa de investigadores, este kit de teste de fertilidade masculina será disponibilizado para o público nos próximos anos, pois este tem de ser aprovado pelas autoridades de saúde mundiais.

Como funciona este teste de fertilidade masculina?

Este kit é bastante simples de se usar. Basicamente faz uma colheita de esperma, coloca-a num micro-chip e insere-o no dispositivo óptico que está conectado ao smartphone (o esperma não toca no smartphone).

Após estes passos o utilizador abre a aplicação e será guiado para as várias fases do teste de fertilidade. Os dados do teste são guardados localmente no seu dispositivo e podem ser apagados pelo utilizador e até mesmo partilhadas com o seu médico.

Teste de fertilidade masculina

Este dispositivo tem um custo de produção de 4.45 dólares, um preço bastante acessível comparado com o processo tradicional. Este produto foi testado em telefones Android, mas pode ser adaptado para o iPhone.

Vamos ficar à espera do futuro deste kit que parece ser muito promissor.

Deixe a sua opinião!

Fonte das imagens