Yahoo bloqueia acesso ao e-mail por causa do Ad-blocker

A Yahoo confirmou ontem que está a prevenir que algumas pessoas tenham acesso ao seu e-mail, se estiverem a usar um ad-blocker (bloqueadores de anúncios) no seu browser.

Alguns utilizadores dos Estados Unidos reportaram que ao acederem ao e-mail da Yahoo, lhes era mostrada uma mensagem pedindo que o ad-blocker fosse desactivado, de forma a poderem aceder à caixa de entrada de mensagens do e-mail.

yahoo-email-entrar-login

Em resposta à Bbc News, a Yahoo disse que estavam a fazer uma experiência de um novo produto nos Estados Unidos.

Embora em 2014, a Yahoo tenha admitido que os anúncios da sua página principal tinham sido infectados com um malware durante quatro dias, a empresa necessita manter os seus anúncios de forma a ganhar dinheiro, mantendo o serviço de e-mail gratuito para os seus utilizadores.

No entanto, membros de um forúm de ad-blocking revelou que já conseguiram contornar a restrição.

Desde que surgiu, o ad-blocking tem sido bastante controverso, e ainda provoca, em muitas empresas do ramo da tecnologia e informática, um certo mal-estar.

dark_banner

Para aos que defendem o ad-blocking, as razões são muito simples. Está provado que bloquear todas as publicidades melhora a performance de um Smartphone, poupando mais bateria e reduzindo o uso dos dados móveis. Pode também prevenir as pessoas de serem seguidas por anunciantes online e proteger os dispositivos contra malwares que podem surgir.

A Google, por sua vez, introduziu uma versão paga do Youtube, onde é permitido aos utilizadores bloquearam os anúncios dos vídeos, por uma taxa mensal.

 

 

 

Fonte das imagens

Jane Matos S.

Tecnologia não era bem a sua praia, mas lançou-se ao desafio! Escreve, edita e revê artigos para o Tech em Português. Licenciada em Contabilidade e Auditoria, mostra-se insaciável na leitura, escrita e descoberta.

You May Also Like

DyNaVoiceR: Dar voz a quem não tem

Cuidado com os telemóveis, a polícia já tem detetores para eles

Galaxy Buds vs AirPods 2: Comparação

Apple vs Netflix: Uma guerra que já é oficial

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies