Raspbery Pi

Raspberry Pi: Configure um servidor de email

O Raspberry Pi é útil como servidor. No meu caso, tenho um servidor WordPress configurado (além de outros serviços). Para uma das páginas de um dos meus sites, tenho um formulário de contactos que envia um e-mail para o administrador da página. Essa função não funciona, sem antes configurarmos certos parâmetros.

O Raspberry Pi para enviar e-mails necessita de ter um MTA (Mail transfer agent) configurado. Neste tutorial vamos utilizar o exim4.

NOTA: Caso não tenha noções do que é um MTA e porque é a única solução que se pode implementar num servidor local, aconselho a estudar o envio de e-mails e protocolos subjacentes ao serviço.

sudo apt-get install exim4

De seguida vamos configura-lo.

sudo dpkg-reconfigure exim4-config

A configuração é bastante simples. São apenas perguntas relativas ao hostname, qual o localhost, agentes relay, servidores smtp entre outros.

Segue um conjunto de prints da minha configuração para um e-mail do Gmail.

Screen Shot 2016-01-13 at 14.42.54.png

Screen Shot 2016-01-13 at 14.43.22.png

Screen Shot 2016-01-13 at 14.43.42.png

Screen Shot 2016-01-13 at 14.44.06.png

Screen Shot 2016-01-13 at 14.44.20.pngScreen Shot 2016-01-13 at 14.44.49.png

Screen Shot 2016-01-13 at 14.45.00.png

Screen Shot 2016-01-13 at 14.45.13.pngScreen Shot 2016-01-13 at 14.45.40.png

Depois das configurações preliminares, vamos alterar o ficheiro de configuração localizado em /etc/exim4/passwd.client. Utilize o editor de textos favorito (nano, vi, vim..).

Screen Shot 2016-01-13 at 14.47.42.png

Agora troquem aleixo.da@gmail.com pelo vosso e a palavra PASSWORD pela password do mail adicionado.

De seguida vamos actualizar e reiniciar o serviço.

Screen Shot 2016-01-13 at 15.03.34.png

E chegou a hora de testar.  Vamos criar um ficheiro que contem o corpo da mensagem.

Screen Shot 2016-01-13 at 15.07.18.png

De seguida e recorrendo ao comando mail com a opção -s (para o assunto) vamos enviar um e-mail com o ficheiro criado anteriormente como corpo do mail. Utilizamos um redireccionamento para indicar o corpo. Caso não seja elementar, estude redireccionamentos.

Screen Shot 2016-01-13 at 14.53.04.png

Vamos ao e-mail só para ver se está tudo a funcionar. E voilá.

Screen Shot 2016-01-13 at 14.51.48

Tudo a funcionar como deve ser.

Esta funcionalidade é bastante útil para sistemas de controlo de presença em casa por exemplo, monitorização da temperatura ou outro tipo de projecto.

Ficou com alguma dúvida sobre este tutorial? Deixe nos comentários e teremos todo gosto em esclarecer!

Fonte das imagens

    Erbi Silva

    Autor de artigos para o Tech em Português, apaixonado por Tecnologia e programação.

    You May Also Like

    Open Source Lisbon 2018 - First Sponsors Announced_2

    Open Source Lisbon 2018 já tem patrocinadores confirmados

    SUSE Expert Days

    SUSE Expert Days passa novamente por Lisboa

    Qual o melhor sistema operativo? Windows, MacOS, Linux?

    Os comandos Linux mais utilizados

    Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies