Tecnologia e trading – o que mudará no futuro?
Open source (Pexels)

Tecnologia e trading – o que mudará no futuro?

A tecnologia e o trading têm desde cedo andado de mãos dadas. Neste artigo falamos do que virá aí de novo nestes novos tempos.

O aumento da automação, que se traduz muitas vezes em decisões tomadas em menos de um segundo, talvez tenha sido o maior factor de mudança no século 21, com o algorítmo de trading a mudar completamente a face dos mercados de valores em todo o mundo.

Por exemplo, há três anos atrás a JP Morgan estimou que apenas 10% das transacções em bolsa eram feitas pelos traders mais tradicionais e o restante seria levado a cabo por máquinas.

Tecnologia e trading – o que tem mudado?

Novas tecnologias desenvolvidas como o algo trading abriram enormes oportunidades para traders e empresas gestoras de fundos. Acrescentou, contudo uma volatilidade a muitos mercados. Especialmente quando as acções são vendidas em grande volume, porque à medida que a máquina “aprende” desencadeia acções semelhantes, resultando numa queda abrupta no valor da acção.

Este cenário foi precisamente o que ocorreu no começo da actual pandemia provocada pelo Corona Vírus. A queda de valor foi tal que dizimou as bolsas de valores por tudo o mundo. Não poupou nem os traders mais experientes, que têm lutado para controlar as perdas.

Num campo ligeiramente diferente, também o advento das Apps móveis de negociação Forex tem vindo a ter grande crescimento nestes últimos anos. Somos constantemente bombardeados nas redes sociais com publicações de alguém que exibe um estilo de vida apetecível que promete que SIM, VOCÊ TAMBÉM CONSEGUE! graças a workshops ou dicas de trading que prometem mudar a sua vida.

E então o que estará para vir? Vamos espreitar…

Open source (Pexels)

Soluções de segurança 

Relativamente à tecnologia e trading nem sempre os propósitos são os melhores. O cibercrime pode variar de golpes de fishing a tentativas completas de invadir os nossos sistemas e dados mantidos pelas plataformas de negociação – com tantos dados armazenados agora electronicamente, a necessidade de segurança ainda mais apertada é uma preocupação constante.

Os especialistas em cyber security da KPMG prevêem que a inteligência artificial desempenhará no futuro um papel fundamental na protecção de serviços financeiros no futuro.

Segundo Henry Shek, chefe de cyber security da KPMG na China, os criminosos na Internet utilizam cada vez mais novos métodos e cada vez mais avançados para manipular os pontos fracos da segurança e os mecanismos tradicionais de segurança e protecção utilizados até aos dias de hoje. Mecanismos estes que podem já não ser suficientemente fortes para os combater.

Shek, refere também que espera que as empresas responsáveis por serviços financeiros incorporem segurança online nas suas estratégias futuras no mundo digital e de negócios.

Software utilizados ou EMS (Execution Management System)

De acordo com um estudo feito pela Greenwich Associates, a tecnologia que os próprios traders acreditam que terá maior impacto nos mercados, são as aplicações escolhidas no uso das suas funções. Na prática, o software é composto por informações complexas, dados de mercados globais e tecnologia que auxilia na previsão de certas condições de mercado.

Assim, consideram que o uso de um software sempre actualizado para obter acesso a análises avançadas e às mais recentes ferramentas de negociação algorítmica, por exemplo, pode mostrar-se um bom investimento em apenas algumas semanas.

Também como fornecer aos traders resmas de dados rapidamente e permitir que os pedidos sejam feitos em vários destinos, reduzindo drasticamente o tempo necessário para executar negociações – tempo que no futuro será cada vez menor com o avanço galopante da tecnologia.

Plataformas de dados

Com tantas cadeias de dados que precisam ser reunidas para que a natureza algorítmica das operações modernas e futuras funcione na perfeição, o desafio tem sido obter todas as informações necessárias um só site.

Mas não é tarefas fácil, uma vez que as acções estão listadas em mais de 60 bolsas de valores, espalhadas por todo o mundo. Agregar todos estes dados não é tarefa simples.

Mas, a Trading Technologies está prestes a lançar uma plataforma que pode ser a resposta para este problema. A nova plataforma chamada Echo Chamber contará com informação agregada em tempo real de mais de 55 bolsas mundiais e permitirá tomar decisões ainda mais rápido do que nunca!

É investidor? Gostou do nosso artigo? Então partilhe-o com os seus amigos e deixe-nos um comentário com a sua opinião!

Janete Matos Sousa

Tecnologia não era bem a sua praia, mas lançou-se ao desafio! Escreve, edita e revê artigos para o Tech em Português. Licenciada em Contabilidade e Auditoria, mostra-se insaciável na leitura, escrita e descoberta do mundo que nos rodeia.