Criar um site para o meu negócio: que plataforma escolher?

Criar um site para o meu negócio: que plataforma escolher?

A presença online é uma certeza incontornável na era da aceleração digital. Um micro, pequeno, médio ou grande negócio, não obstante a sua dimensão ou volume de negócios, precisará de uma presença online capaz de maximizar a sua visibilidade.

Existir como empresa, nos dias de hoje, presume existir no online. Antes da criação de redes sociais ou outros canais de representação, o primeiro passo para um negócio emergente será criar um site.

A criação de um website implicava, até há pouco tempo, um esforço financeiro acrescido, não dispensando a contratação não só de um designer gráfico, mas também de um web designer/ programador para criar todo o código do site.

Atualmente, há inúmeras ferramentas à disposição de pequenos negócios para criar um site sem conhecimentos prévios de programação. Estas plataformas permitem um set up inicial feito por profissionais mas sempre editável por quem use o site no dia-a-dia. Dessa forma, torna-se possível gerir uma página de internet sem precisar de requisitar e pagar, uma e outra vez, os serviços de quem a construiu.

Viajamos agora pelos sítios da internet e encontramos algumas das melhores plataformas para criar um site, cobrindo as suas vantagens, desvantagens e custos.

CRIAR UM SITE COM O WORDPRESS

O WordPress (WP) é uma das plataformas mais conhecidas e utilizadas para a criação de websites. Parte do seu apelo provém do facto de se tratar de uma plataforma “open source”, ou seja, onde o código base é disponibilizado de forma gratuita com a possibilidade de modificação e personalização por parte do utilizador.

No caso do WordPress, a alternativa mais completa (e paga, embora a valores muito competitivos) permite manipular todo o código HTML do site.

Esta plataforma é muito popular para criação de conteúdo SEO, ou seja, conteúdo otimizado para as pesquisas em motor de busca. As estatísticas oficiais do WordPress apontam para que esta plataforma seja, em 2020, utilizada para gerir 34% dos websites de todo o mundo, com mais de 400 milhões de visitas anuais.

O WordPress tem ainda diversos plug-ins para lojas online ou e-commerce, permitindo uma integração de website, blog e loja. Entre estas soluções destaca-se o WooCommerce, ferramenta de negócio online que foi adquirida pelo grupo WP.

Enumerando, por outro lado, algumas desvantagens do WP, este precisa de inúmeros plugins (extensões) para otimização de várias funções, requer bastantes updates do servidor e do tema e tem alguma vulnerabilidade, pois como plataforma mais popular é também a mais propensa a ataques informáticos.

Wix

Outra solução amplamente popular no mundo digital é o Wix. Tal como o WordPress, o Wix tem uma versão gratuita e alguns packs cobrados a preços competitivos.

Criar um site no Wix é fácil e económico e também incorporável com a plataforma própria de e-commerce detida pela marca. O Wix destaca-se pelos seus excelentes e múltiplos templates. Distingue-se pela facilidade de utilização e pela equipa de suporte online com disponibilidade acima da média.

Contudo, os templates são menos alteráveis do que no WordPress ou outras plataformas, todo o tipo de analytics está ausente do plano grátis e, caso queiramos utilizar a plataforma sem comprar um serviço premium, teremos que nos submeter à marca Wix bem presente na nossa página, tanto no domínio como na própria homepage.

CRIAR UM SITE COM O SQUARESPACE

SquareSpace é outra plataforma que permite criar um site com a qual provavelmente já se deparou, por ser uma das mais publicitadas a nível internacional.

O seu ângulo de venda passa muito pela capacidade de criar um site de raíz, sem qualquer conhecimento de programação por parte do utilizador, com recurso a templates e designs pré-determinados bastante apelativos.

Apesar de ter uma hipótese de trial gratuito, o SquareSpace é, ao contrário das plataformas anteriormente apresentadas, sempre pago. Em comparação com a concorrência, esta solução procura promover-se devido à sua maior capacidade de customização.

Os templates organizam-se por área de negócio e são capazes de rivalizar com os concorrentes quando mencionamos o seu aspeto estético. É também uma plataforma prática, tendo em conta que até os próprios dados estatísticos do SquareSpace podem ser encontrados na própria página. Outra vantagem é que o custo do servidor está incluído no valor da mensalidade, simplificando o processo.

Por outro lado, é limitado em termos de possibilidades SEO e não é a solução mais barata para construção de sites, especialmente se adicionarmos os custos de inclusão da loja de e-commerce.

CRIAR UM SITE COM O WEBNODE

Outra plataforma útil para construir um site é o Webnode, uma ferramenta maximizada para uso de SEO e especialmente adequada para criação de sites disponibilizados em várias línguas. Assume-se como a ferramenta de websites poliglota e apresenta tanto versão gratuita como planos pessoais ou profissionais.

É, como o Wix, um editor baseado em clique e arraste, simplificando ao máximo o processo de criação de um website.

Contudo, tanto a sua ferramenta de e-commerce como de blogging apresentam algumas limitações. Por um lado, é muito fácil criar um site e geri-lo recorrendo ao “Webnode” mas é difícil editar os temas escolhidos.

WEEBLY

O Weebly é outra plataforma ideal para a criação de websites, blogs e e-commerce por parte de pequenos negócios (e também uma das mais populares). É tida como uma ferramenta confiável, de fácil customização e aprendizagem, segura e capaz de oferecer um apoio apropriado à sua comunidade.

Por outro lado, diversas das suas opções não são alteráveis, o que pode criar alguma resistência, nomeadamente para utilizadores habituados às opções open source mais maleáveis.

CRIAR UM SITE COM O JIMDO

O Jimdo é um construtor de sites perfeito para pequenos negócios, que uma vez mais dispensa a experiência de programação. Distingue-se pelo seu apoio ao cliente, pelas suas estatísticas simplificadas e pelos designs apropriados a diferentes setores de atividade.

Esta é uma escolha em conta para o pequeno empresário, permitindo criar um site por pouco e livre de publicidade. Contudo, os templates ficam aquém de várias ofertas da concorrência e a edição e organização do conteúdo não enche as medidas a alguns dos utilizadores.

A IMPORTÂNCIA DE UMA ESTRATÉGIA GLOBAL

Há diversas outras plataformas populares com funções semelhantes, entre elas Drupal, Joomla, Webflow, Digital-works, Strikingly, entre outras.

É também importante considerar que uma estratégia digital “smart” passará por uma boa gestão ao nível do marketing digital, onde os esforços ao nível da optimização orgânica de resultados em motores de busca se vejam complementados por campanhas pagas bem estruturadas.

Torna-se também imperativo não descurar pequenos aspetos essenciais, como associar o seu negócio ao Google My Business, para que a sua atividade seja reconhecida no Google Maps.

Criar uma articulação forte entre as suas plataformas e materiais online e offline é também um passo importante para aumentar o seu tráfego e, como consequência, as suas vendas.

Na Zaask, ao pesquisar por “gestão de redes sociais preços” poderá encontrar os melhores profissionais na área da gestão de redes, capazes de levar o seu negócio até novos patamares de visibilidade e conversão online.

Artigo escrito por um criador de conteúdo da Zaask

António Sousa

António Sousa, técnico de redes e sistemas informáticos e fundador do Tech em Português! Sou um amante das novas tecnologias e um aventureiro dessa grande "auto-estrada" que é a internet!