Os investigadores do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto, vão criar plataformas informáticas que melhorem a comunicação entre equipas clínicas. Isto irá permitir um melhor planeamento de cirurgias relacionadas com o cancro da mama. O projecto arranca em Novembro de 2016 e conta com especialistas da Fundação Champalimaud.

Ferramenta para cirurgia do cancro da mama

A ferramenta irá permitir a comparação entre a aparência final da mama perante as várias opções cirúrgicas disponíveis. Vai ser baseada em informação personalizada em 3D das pacientes, associando tamanho, a localização e a densidade glandular do tumor!

Posto isto, é necessário criar uma base de dados que permita conter todos os exames e notas realizadas pelos profissionais ligados à radiologia!

techno

Este trabalho é uma continuação do projecto europeu “Picture”, também liderado por investigadores do INESC TEC. Este projecto focava-se na criação de uma ferramenta de simulação automática e, não era necessária qualquer interacção do utilizador para obter resultado para o procedimento cirúrgico.

De acordo com um dos investigadores, Hélder Oliveira, foi possivel apurar:

Apesar de terem sido verificados resultados muito satisfatórios, percebeu-se que os modelos de simulação desenvolvidos, para além de demorem muito a serem atingidos, poderiam não corresponder ao que o clínico estaria à espera

O BCCT.plan foi pensado de forma a aproveitar a experiência adquirida nos últimos anos em conjunto com os clínicos. Tem como objectivo desenvolver ferramentas mais atractivas para o planeamento cirúrgico. O protejo foi financiado pelo programa Portugal’2020 em 780 mil euros.

Fonte: [JN]