Conheça a história do professor que ensina informática sem computadores

Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

A imagem de capa deste artigo demonstra um individuo a escrever num quadro a giz, aquilo que numa primeira instância parece a janela do Microsoft Word. Esta imagem correu as redes sociais de todo o mundo. Richard Appiah Akoto é o professor, tem 33 anos e ensina Ciências Informáticas e da Comunicação na escola secundária de Sekydomase, no Gana.

Conheça a história do professor que ensina informática sem computadores

Foi com uma publicação irónica no facebook que Richard conseguiu chegar a todo o mundo:

Ensinar novas tecnologias numa escola do Gana é muito engraçado

A publicação original foi feita em Fevereiro mas só agora está a chegar às “bocas do mundo”.

Eu amo os meus alunos. Por isso, tenho que fazer com que eles percebam o que lhes estou a ensinar

Por estas razões, este professor se dedica a desenhar todo o conteúdo informático a giz para que os alunos tentem perceber da forma mais real o que ele lhes ensina.

A atitude do professor mereceu vários elogios nas redes sociais. É que, de acordo com alguns seguidores, aquela escola não tem computadores desde 2011, apesar de ser necessária a sua utilização para passar um exame de informática para progredir na escola secundária.

Microsoft promete ajudar o professor

As fotografias ganharam reconhecimento depois de um comediante ganês as ter partilhado na página que conta com mais de 140 mil seguidores. Quem também contribuiu para o sucesso internacional da publicação foi Rebecca Enonchong, uma empreendedora na área da tecnologia, com um tweet que chegou à Microsoft.

A gigante tecnológica respondeu com a promessa de doar ao professor um “dispositivo” novo.