Tecnologia e informática é aqui!
O Porto já tem passadeiras em 3D

O Porto já tem passadeiras em 3D

Possivelmente o leitor anda na estrada e, sabe muito bem que quando lhe aparece um objeto à frente, tem tendência para abrandar. Convém também. Pois um projeto que começou no Japão, já está no Porto, mais concretamente na Maia, onde as passadeiras em 3D são já uma realidade.

O Porto já tem passadeiras em 3D

É apenas uma ilusão de ótica, mas vem para evitar acidentes. Depois do conceito surgir no Japão, ser implementado em em Ísafjorour, na Islândia, começa a ser visto em Portugal, mais concretamente na Maia, distrito do Porto: as passadeiras vão ser pintadas a três dimensões

A primeira passadeira 3D da Maia foi pintada esta semana junto ao Colégio Novo da Maia, em Milheirós, e a próxima será colocada perto da nova Cidade Desportiva, no centro da cidade, estando o local exato a ser avaliado pelos técnicos.

A pintura no chão faz com que as riscas brancas aparentem ter relevo o que, de acordo com estudos elaborados, faz com que haja redução da velocidade dos condutores.

O efeito ótico 3D funciona a uma certa distância e durante breves segundos, provocando um abrandamento suave e não uma travagem repentina.

António Silva, presidente da camara disse:

Trata-se de uma solução simples, quase um ‘ovo de Colombo’, na qual vemos potencialidades no incremento da segurança rodoviária, particularmente na defesa dos peões. Por isso esta solução ficará em teste e se a sua eficácia der provas no terreno eventualmente passará a ser usada noutros locais do concelho

Além das passadeiras, este efeito de ilusão de ótica já é utilizado noutros contextos, por exemplo nos painéis publicitários que normalmente se usam ao lado das balizas em estádios de futebol.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies