Malware infecta aplicações para crianças com anúncios pornográficos

Foi recentemente encontrado um malware que apresentava anúncios pornográficos em aplicações para crianças. Segundo a loja de aplicações do Google, este malware afectou cerca de 60 aplicações presentes na loja.

Segundo a BBC a maioria das aplicações eram dedicadas a crianças e algumas já tinham sido descarregadas da loja centenas ou até milhares de vezes.

Para além de apresentar conteúdos pornográficos, este malware também fazia publicidade a falsos produtos de segurança informática a preços exorbitantes.

Em comunicado o Google afirma que todas as aplicações foram removidas da loja de aplicações do sistema Android.

Que aplicações estavam infectadas por este malware?

As aplicações infectadas incluíam alguns add-ons para o popular jogo Minecraft e algumas aplicações com temas relacionados com a Disney.

O malware “AdultSwine” foi descoberto por investigadores do software CheckPoint, que afirmam que as aplicações com código malicioso foram descarregadas pelo menos 3 milhões de vezes.

A equipa do CheckPoint revelou o nome de todas as aplicações infectadas e também toda a infraestrutura que permitia a apresentação de conteúdos maliciosos.

O Google afirma que todas as aplicações comprometidas foram removidas da Google Play Store e que as contas dos programadores que as criaram foram fechadas.

Como pode isto acontecer se existe revisão das aplicações antes de serem publicadas?

Fonte das imagens

  • google-play-store-malware_4206379: Check Point

António Sousa

António Sousa, técnico de redes e sistemas informáticos e fundador do Tech em Português! Sou um amante das novas tecnologias e um aventureiro dessa grande "auto-estrada" que é a internet!

You May Also Like

Apple: Retirada de adaptadores de 3 pinos

Galaxy Buds vs AirPods 2: Comparação

Apple vs Netflix: Uma guerra que já é oficial

FCA apresenta “Segurança em Redes Informáticas” 5ª edição

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies