Inteligência artificial reconhece fugitivo no meio de 60 mil pessoas

Como já referido, a inteligência artificial cada vez mais é usada no nosso mundo, inclusive no nosso dia-a-dia. A China confirmou que, no meio de 60 mil pessoas, um software conseguiu reconhecer e avisar as autoridades acerca de um fugitivo que resolveu assistir a um concerto de música.

Inteligência artificial reconhece fugitivo no meio de 60 mil pessoas

Um homem de 31 anos foi detido na China, depois de ter viajado 100 km para assistir a um concerto de Jacky Cheung, uma estrela nacional. O que ele nunca pensou foi que seria apanhado pela inteligência artificial.

As camaras do recinto vasculhavam os 60 mil rostos que por ali se encontravam e, a dada altura, o alarme dispara, alertando as autoridades que um fugitivo tinha sido identificado no meio da multidão. O sistema reconheceu o mesmo através de reconhecimento facial. Este homem era procurado por crimes económicos e andava a fugir à policia.

Na china, a IA funciona nas passadeiras

A china tem um sistema que todos os dias alimenta com milhões de dados uma base de dados. O software funciona todos os dias por forma a reconhecer caras. É tão eficiente que consegue identificar pessoas que passam fora da passadeira e, envia multas automaticamente para a casa dessas pessoas!

Será abusado?