Portal da Queixa vai estar no Web Summit 2017

O Portal da Queixa, a maior rede social de consumidores online do país, vai marcar presença no maior evento de empreendedorismo, tecnologia e inovação do mundo – o Web Summit 2017.

Divulgar a plataforma, com vista a captar o interesse dos investidores para a internacionalização do projecto é o principal objectivo do Portal da Queixa que, na cerimónia de abertura, em representação das startups de Portugal, sobe ao palco ao lado de Paddy Cosgrave, fundador do Web Summit; António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas; António Costa, primeiro-ministro português, entre outros.

A participar como ‘Startup BETA Exhibitors’ – startup tecnológica de desenvolvimento de uma plataforma social online – o Portal da Queixa vai revelar a visitantes e investidores como alterou o paradigma das reclamações em Portugal e porque se tornou uma referência nacional em matéria de consumo.

“Vamos demonstrar a inovação tecnológica da nossa plataforma, relativamente à alteração do paradigma na relação das marcas e consumidores numa vertente de customer care, que em muito tem sido potenciado pela dinâmica de comunicação através do Portal da Queixa. Esta é uma realidade que ainda não existe em grande parte do mundo e, por isso, será sempre uma nova forma de abordar o tema com enorme capacidade de escala e crescimento”, afirma Pedro Lourenço, CEO & Founder do Portal da Queixa.

A aposta na internacionalização deste projeto único em Portugal e pioneiro na Europa é o grande objetivo de Pedro Lourenço que encara o Web Summit como um palco de oportunidades para gerar parcerias e potenciar novos negócios: “O objetivo da equipa do Portal da Queixa é crescer a nível nacional mas, acima de tudo, levar o projeto para além fronteiras. Participarmos num dos maiores eventos de inovação e empreendedorismo do mundo é criar oportunidades únicas, quer para potenciarmos a nossa visibilidade noutros países e captar o interesse de investidores para o processo de internacionalização, quer para avaliarmos o potencial da plataforma junto de um público com capacidade de análise construtiva e que nos permitirá, eventualmente, aferir melhoramentos ou ideias para o futuro.”

A presença no Web Summit é um passo dado com ambição e determinação pela equipa do Portal da Queixa. Pedro Lourenço considera que “o maior erro é de uma startup é esperar pelo momento certo. Esse momento ideal surge quando, em conjunto com a minha equipa, decidimos seguir a nossa intuição, sentimos que estamos preparados para crescer globalmente e que o nosso “case studie” é capaz de ser replicado para outros mercados, porque afinal não se pode adivinhar o futuro, mas tem que se ter a ousadia de construí-lo”, conclui Pedro Lourenço.

Portal da Queixa em números:

  • Média de 8.000 reclamações registadas por mês
  • 4.000 marcas presentes na plataforma
  • 180.000 utilizadores registados ( de 8.000 novos /mês)
  • 2 milhões de páginas visitas/mês
  • 600.000 visitantes únicos (10% do universo de utilizadores de internet em Portugal)
  • TOP 300 dos sites mais acedidos em Portugal (ranking Alexa)
  • 140 mil reclamações recebidas desde 2009